Os sistemas de energia solar fotovoltaica são capazes de converter a energia solar em potência elétrica para alimentar equipamentos usados  em residências, a fim de obter energia limpa necessária para conter os efeitos do aquecimento global, reduzir a dependência de combustíveis fósseis e fazer muita economia.

Como instalar energia solar em uma residência?

Os especialistas pedem que sejam seguidos os seguintes passos:

  • a edificação e o seu entorno dever estar adaptados para receber a instalação do sistema de energia solar,
  • a instalação é realizada no telhado,
  • a circulação de ar é fundamental para que os módulos fotovoltaicos não esquentem excessivamente,
  • o telhado deve ser reforçado e não pode apresentar problemas estruturais que comprometam a segurança do equipamento e dos moradores, a fim de suportar o peso dos painéis fotovoltaicos,
  • o espaço deve ser uma superfície inclinada de aproximadamente 10 m² que pode gerar até 1 kWp (energia suficiente para toda residência),
  • o sistema fotovoltaico conectados à rede, requer um espaço menor,
  • a inclinação dos painéis é uma questão muito relevante deve ter a face orientada para o norte verdadeiro, a fim de não perder eficiência dos módulos fotovoltaicos e obter melhor captação de energia solar , especialmente no Brasil que se localiza no hemisfério sul da Terra,
  • o ângulo de inclinação deve ser igual à latitude do local em que o sistema fotovoltaico será instalado.

Levando em consideração também o movimento aparente do Sol ao longo das estações do ano. Existem controles que orientam os módulos para acompanhar o movimento solar.

Os componentes do sistema fotovoltaico são:

  1. bloco gerador: composto pelos módulos fotovoltaicos, cabos e por uma estrutura de suporte. Esse bloco gerador deve ser instalado no telhado da edificação,
  2. bloco de condicionamento de potência: composto por conversores, inversores de tensão, retificadores, controladores de carga, seguidor de ponto de potência máxima, diodos de bloqueio e de passagem, e
  3. bloco de armazenamento: composto por baterias. Os blocos de armazenamento e de condicionamento de potência devem ser instalados em um local coberto, protegido e de fácil acesso.

Atenção: a instalação deve ser sempre realizada por um especialista usando equipamentos de proteção, como, por exemplo: corda, capacete e estruturas seguras e fixas para prender a corda.

Quanto custa para colocar energia solar em uma residência?

Soma-se o custo dos equipamentos mais a mão de obra especializada para realizar o trabalho.

Preço médio da energia solar fotovoltaica residencial:

  • casa pequena, de 50 a 100 metros 2: sistema de 1.6kwp, fica entre R$ 13.000 a R$ 17.000.
  • casa média, de 100 a 200 metros 2: sistema de 2,2kwp, fica entre R$ 16.000 a R$ 20.900, ou sistema de 3,3kwp, fica entre R$ 22.000 a R$ 28.000.
  • casa grande, de 200 a 500 metros 2: sistema de 4,4kwp, fica entre R$ 26.500 a R$ 45.000
  • mansões acima de 500 metros 2: sistemas de até 10kwp, fica entre R$ 65.000 a R$ 82.000.

Quantas placas fotovoltaicas para residências?

Nas regiões Sudeste e Centro-Oeste, por exemplo, na qual a média é de 4,79 horas diárias de irradiação solar útil, podem ser usados cerca de 8 painéis solares para a geração da energia solar, isto é, considerando uma residência que consome em média 250 kWh*mês.

Natú é a primeira plataforma do Brasil criada para contratação de serviços ambientais com rapidez e segurança.

  • Orçamentos grátis e com segurança
  • Empresas rigorosamente avaliadas
  • Encontre o melhor preço e disponibilidade para lhe atender
  • Negociações com dinamismo, simplicidade e rapidez

Solicitar um orçamento